Unifei e Instituto Espinhaço visitam o “Areão” e João Monlevde

0
30 views

Projeto “Expedição Piracicaba” articulou encontro com objetivo de fechar parcerias em prol do parque

O Parque do Areão recebeu a visita de representantes da Unifei-Itabira e do Instituto Espinhaço na tarde dessa terça-feira (14) visando um reconhecimento do espaço para uma possível parceria institucional dentro do projeto “Semeando Florestas, Colhendo Águas na Serra do Espinhaço”.

André Silva, Supervisor de Seleção de Áreas do Instituto Espinhaço, Otávio Augusto e o professor Gláucio Marques (Unifei-Itabira), Dr. Laércio, Giovani e Samuel durante visita no Areão.

O prefeito Dr. Laércio Ribeiro, o Chefe de Gabinete Geraldo Giovani o secretário de meio ambiente Samuel Domingues e o presidente da Comissão de Revitalização do Parque do Areão, Geraldo Dindão Gonçalves, recepcionaram o professor Gláucio Marques e o graduando em engenharia ambiental Otávio Augusto (Unifei-Itabira) e o engenheiro agrônomo André Silva Nunes, Supervisor de Seleção de Áreas do Instituto Espinhaço-MG.

O encontro foi articulado através da parceria entre o projeto Expedição Piracicaba e a Unifei-Itabira que por sua vez tem um convênio com o Instituto Espinhaço.

O objetivo da visita, além de conhecer a área do parque para ver se o local atende os pré-requisitos para inserção no projeto do instituto, foi também para iniciar as tratativas em torno de uma parceria para uma intervenção no Parque do Areão com o plantio de espécies nativas da Mata Atlântica em todo parque.

Durante a apresentação do espaço foi exposto aos visitantes um breve histórico do parque, as intervenções realizadas ao longos dos últimos 30 anos e as mais recentes, com a retomada das ações no local.

O prefeito Dr. Laércio falou também dos projetos em andamento e da necessidade de revitalizar todo espaço e entrega-lo à comunidade para posse da mesma.

O secretário de meio ambiente, Samuel Domingues, apresentou as recentes áreas que receberam mudas de espécies nativas e das demandas que o parque exige.

Já Geraldo Giovani, Chefe de Gabinete, que é também arquiteto, levantou junto aos visitantes as diversas possibilidades, algumas já em andamento, de aproveitamento dos espaços do parque, que conta com quase 30 hectares de área.

O supervisor de Seleção de Áreas do Instituto Espinhaço, a princípio aprovou as condições do local para receber as intervenções da associação, ficando de retornar ainda essa semana para concluir alguns levantamentos para posteriormente, caso seja aprovado, iniciar as tratativas para fechar a parceria/convênio.