Quaresma é tempo de conversão

0
115 views
Padre Reginaldo Manzotti

 

Padre Reginaldo Manzotti

Estamos na Quaresma. Tempo de muitas provações porque é um tempo favorável de conversão e aprofundamento da fé. A Igreja, como mãe e mestra, propõe por meio da oração, do jejum, da caridade uma preparação individual e comunitária para celebrar o centro de nossa vida cristã que é o Mistério Pascal: Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Quaresma é tempo de conversão. A maioria de nós pode pensar: eu tenho fé e constantemente ouço as pessoas dizerem: “Eu não sou lá muito católico, mas eu rezo, eu acredito em Deus”. Claro que entre fé nenhuma e pouca fé, escolhamos a segunda opção, mas isso é uma fé muito infantil, uma fé primária, uma fé que não compromete nada, que não leva à verdadeira conversão.

E a Quaresma é o tempo ideal que nos cabe uma reflexão profunda, se de fato, temos uma fé amadurecida. Para a grande maioria se eu perguntar: Quem acredita em Deus? Todos levantam a mão. Mas em que Deus nós acreditamos? Um Deus que não compromete? Um Deus que não tenha nada a ver comigo? Não podemos ficar com esta fé do milagre, esta fé que acreditamos só quando vemos cura. Uma fé baseada somente em fatos extraordinários, paranormais.

Conversão nos leva a tomar posições, nos leva a viver de acordo com a Palavra de Deus. Implica em ter uma postura de vida, dentro de casa, na sociedade, na família e na comunidade.

É tempo de conversão, de voltar-se ao Senhor e só a Ele servir. É uma luta constante, mesmo na vida dos santos; a busca de servir a um único Deus vivo e verdadeiro, requer esforço, não se dá uma só vez, mas a cada dia, renunciando a tudo o que nos afasta de Deus e nos aproximando da luz que é Jesus Cristo.

Tenho certeza que vocês, como eu, estão buscando de algum jeito, às vezes cambaleando, meio machucados, meio feridos, servir a Deus. Ele está dizendo, como podemos aproveitar todos os frutos de graça desse tempo chamado Quaresma. Esse tempo de graça e de purificação.

Bem sabemos, tanto em nossa vida pessoal, quanto em nossa vida familiar, como precisamos de graças, porque todos nós temos pessoas da família, que por uma razão ou outra, estão distantes da Palavra, distantes de Deus, enfronhados somente nas coisas materiais. Por isso, aproveitemos a Quaresma e ofereçamos a Deus nossa vida, nossos jejuns, nossas orações, e peçamos: “Senhor, dai esta graça que tanto precisamos, traga de volta o filho afastado para casa do Pai. Senhor, como fruto dessa Quaresma eu ofereço para que aquela pessoa, que há tanto tempo está enferma recupere a saúde”.

Eu creio meus irmãos, que se a nossa penitência for reta no objetivo, na intenção, não passará despercebida diante de Deus. Quaresma é tempo de graça. É uma dádiva do Senhor. É tempo de bênção. Busquemos em Deus as forças necessárias para superarmos todas as tentações, verdadeiramente nos convertermos e deixarmo-nos transfigurar pelo Seu Amor.

*Padre Reginaldo Manzotti é fundador e presidente da Associação Evangelizar é Preciso – Obra considerada benfeitora nacional que objetiva a evangelização pelos meios de comunicação – e pároco reitor do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba (PR). Apresenta diariamente programas de rádio e TV que são retransmitidos e exibidos em parceria com milhares de emissoras no país e algumas no exterior. Site: www.padrereginaldomanzotti.org.br. Facebook: www.fb.com/padrereginaldomanzotti. | Twitter: @padremanzotti | Instagram: @padremanzotti