Projeto de incentivo à leitura doa quase 2 mil livros literários e qualifica professores das escolas municipais de Catas Altas

0
10 views

Iniciativa da Fundação Vale capacita 234 educadores para tornar alunos protagonistas de seu processo de aprendizagem

A Fundação Vale, em parceria com o Instituto Arte Tear e a Secretaria de Educação de Catas Altas (MG), concluiu o projeto Rotas e Redes Literárias, que tem como objetivo promover o acesso ao livro e estimular a leitura entre alunos da educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental. Desde junho de 2021, foram capacitados 55 profissionais, em 211 horas de ciclos formativos, para atuarem como mediadores de leituras e para estruturarem bibliotecas. O projeto também doou 1.830 livros de literatura para complementar os acervos das seis escolas municipais.

Evento teve 20 atividades para estimular o gosto pela literatura em crianças de Catas Altas

O ápice do projeto ocorreu no dia 18 de março no evento Trilhas Literárias, com uma programação que abriu 20 atividades lúdicas e gratuitas para estimular o gosto pela literatura entre o público infanto-juvenil. Cerca de 500 pessoas participaram do evento que contou com a presença da secretária de educação e representantes da Vale e Fundação Vale.

Uma das educadoras educadas pelo Rotas e Redes Literárias é Erika da Silva Rodrigues, professora da Escola Agnes Pereira Machado, que conduziu uma das oficinas do evento. Ao brincar de fazer bolhas de sabão gigantes, Erika apresentou às crianças a poesia Bolhas, de Cecília Meireles. “O projeto ampliou nosso repertório, nos orientou para reestruturar as bibliotecas como espaços de acolhimento e nos preparou para trazer mais brincadeiras e ambientações para momentos de leitura diária na sala de aula”, conta a educadora.

O projeto Rotas e Redes Literárias tem como propósito aumentar o número de leitores no município de Catas Altas. “Tendo por base a leitura como direito de todo cidadão, buscamos ampliar a prática nas escolas, confiantes para os processos de aprendizagem de crianças e adolescentes”, comenta Maykell Costa, gerente da Fundação Vale.

A iniciativa também recebeu elogios da secretária de educação do município, Alda Oliveira, que destacou o legado do projeto para os alunos das escolas municipais de Catas Altas. “Resgatar o prazer em ler e ressignificar as bibliotecas das escolas é o que o projeto Rotas e Redes Literárias deixa para os nossos alunos”, afirmou.

Com a realização do projeto, espera-se que mais crianças e adolescentes sejam incentivados a ler e que a prática da leitura se torne cada vez mais comum nas escolas de Catas Altas.