Prefeito de Itabira irá reduzir preço de passagem de ônibus da Cisne

0
23 views

Diante de um cenário econômico adverso com alta em praticamente todos os bens e serviços, principalmente alimentação, vestuário, higiene e limpeza, o que impacta profundamente a vida do cidadão, sobretudo das classes mais baixas, o prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage, tomou uma decisão louvável com a decisão de reduzir o preço das passagem. Os ganhos para a população é sem dúvida inquestionável. 

Prefeito Marco Antônio reuniu-se com os vereadores para reforçar a importância social e econômica da redução da tarifa de ônibus

A Prefeitura de Itabira vai enviar para votação na Câmara de Vereadores uma proposta de redução do preço da passagem para R$ 4,00. A decisão do prefeito Marco Antônio Lage, inédita na história, será avaliada pelo Conselho Municipal de Transporte e Trânsito antes de ir ao Legislativo. O tema foi assunto de reunião entre o prefeito e vereadores da base de apoio ao Governo, durante encontro nesta quarta-feira (24).

Com base em estudos de planilhas do serviço de transporte prestado pela empresa concessionária, o preço da passagem de ônibus deveria sair dos atuais R$ 4,40 para R$ 5,85. O prefeito já havia decidido por um subsídio ao transporte público visando congelar a tarifa em R$ 4,40. Após novos estudos, Marco Antônio Lage decidiu retirar o projeto de lei já em tramitação na Câmara para propor a redução da passagem para R$ 4,00.

“Pelos cálculos auditados, a nova tarifa, com o aumento do diesel e de outros componentes, teria que ser de R$ 5,85. Nós vamos bancar essa diferença e ainda vamos reduzir o preço da passagem para R$ 4,00. Uma diferença de R$ 1,85 em cada passagem que a Prefeitura vai pagar para o usuário. Isso se chama subsídio ao transporte público. Isso beneficia quem mais precisa. Com essa decisão, esperamos que a empresa garanta a manutenção dos empregos e melhore as condições salariais dos trabalhadores. São trabalhadores que, faça chuva ou faça sol, prestam um serviço essencial para a cidade”, afirma o prefeito.