Hemominas e prefeitura assinam Termo de Cooperação para implantação de posto de coleta de sangue em Itabira

0
17 views

O termo é fruto de uma parceria da Prefeitura de Itabira com a Fundação Hemominas e vai proporcionar redução de custos e comodidade para doadores da região.

Marco Antônio, prefeito de Itabira, assina termo de cooperação que visa instalação de unidade de coleta de sangue na cidade                                                                   fotos: Acom/PMI

 Na tarde desta quarta-feira (16), Itabira deu um passo importante para a implantação de um Posto Avançado de Coleta Externa (Pace) na cidade. Foi assinado, no Gabinete do prefeito Marco Antônio Lage, o Termo de Cooperação/Plano de Trabalho, o que representa a evolução de mais uma etapa burocrática para fortalecer o suporte dos serviços de coleta de sangue no município. O documento assinado pelo chefe do Executivo será encaminhado à Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Fundação Hemominas) para dar continuidade ao processo de execução do projeto.

O ato de assinatura foi acompanhado pela secretária municipal de Saúde, Luciana Sampaio; pela gerente executiva do Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), Andréa Cabral; pelo vereador Marcelino Guedes e pela representante da ONG Doe Vida, Haérica Aires Gonçalves.

A expectativa da gestão pública é de que com a instalação de um posto de coleta de sangue em Itabira aumente a demanda de sangue e homocomponentes. Ainda vai oferecer mais segurança e melhoria das condições para os doadores voluntários do município e das cidades próximas, que hoje precisam ir até Belo Horizonte para concretizar o ato.

“Este é um sonho antigo da comunidade de Itabira. Vamos realizar os investimentos para a implantação do posto de coleta de sangue e será um presente para nossa cidade, uma excelente notícia para a saúde pública, que melhora cada vez mais. O projeto está saindo do papel e entrando para a parte de realização. Além de todos os benefícios para a população, este é um importante passo para fazer da nossa cidade um macro polo de saúde pública na região”, disse o prefeito Marco Antônio Lage.

16A meta da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é atender 2.400 candidatos à doação de sangue e coletar 1.920 bolsas por ano, com a cooperação da Fundação Hemominas, que será responsável pelas atividades administrativas e técnico-científicas para o funcionamento do banco de sangue no município.

A secretária de Saúde, Luciana Sampaio, destacou a eficiência da prestação de serviços da Hemominas e como a implantação do banco de sangue é prioridade para a pasta neste momento. “Com o posto de coleta estaremos atendendo uma população da nossa microrregião assistencial de saúde, de aproximadamente 500 mil pessoas. O projeto é minucioso e temos que atender todas as exigências da Hemominas para prestar um serviço com excelência”, comentou.

A implantação do banco de sangue em Itabira é também uma indicação do vereador Marcelino Guedes. Já existe o recurso para a execução.