Grupo de agronegócio anuncia investimento superior a R$1,2 bilhão em Minas

0
98 views
INVESTIMENTO DE 1,2 BI - Grupo fará um dos maiores investimentos na agropecuária no país.

Montante será distribuído em três projetos que vão gerar 1.620 empregos diretos no Norte do estado

Grupo fará um dos maiores investimentos na agropecuária no país.

Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi) acaba de assinar um protocolo de intenções com o grupo empresarial Fortaleza de Santa Teresinha Agricultura e Pecuária. A empresa anunciou que vai aplicar aproximadamente R$1,225 bilhão para expandir produção de bovinos nobres, ovinos e piscicultura nos municípios de São João da Ponte e Jequitaí, no Norte de Minas.
O investimento fortalece um dos maiores projetos de produção de proteína animal do país, que está implantado em Minas Gerais desde a década de 1970. Do montante, quase R$ 200 milhões serão destinados à Fazenda Fortaleza de Santa Teresinha, instalada na cidade de Jequitaí. A expectativa é que o projeto de expansão seja concluído em 2022 e que o investimento gere 130 empregos permanentes diretos.
A empresa, que se destaca pela tecnologia empregada, adquiriu e produziu, nos últimos cinco anos, cerca de 70 mil cabeças de gado Nelore, Angus e F1. Além dos animais, a fazenda conta com áreas de cultivo e fábrica para a produção de alimento animal, áreas de confinamento e laboratório.
O restante do investimento será aplicado em duas fazendas na cidade de São João da Ponte. O primeiro projeto, destinado à Fazenda Santa Monica, receberá cerca de R$ 880 milhões, e a Fazenda Santa Teresinha terá investimento de pouco mais de R$ 150 milhões. Cada uma prospecta a geração, respectivamente, de 960 e 530 empregos permanentes diretos. Ambas têm planos para concluírem seus projetos em 2022.
A Fazenda Santa Mônica é reconhecida pela certificação no Programa de Sustentabilidade Angus, da Associação Brasileira de Angus, e a Fazenda Santa Teresinha possui infraestrutura voltada para a criação de ovinos, piscicultura em tanques escavados, atividades industriais voltadas à preparação da carne de ovinos e peixes para comercialização.