Governador Zema inaugura sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus do Amparo

0
125 views

Demanda histórica dos agricultores locais também foi atendida, com início das obras do Salão do Agro. Esta foi a primeira vez, em 40 anos, que um Chefe do Executivo esteve no município

O governador Romeu Zema participou, nesta quinta-feira (22/6), da inauguração da sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus do Amparo, na região Central de estado. A entidade conta com cerca de 130 filiados e está localizada no Parque de Exposições Tiné Motta.

Na ocasião, Zema destacou os avanços agropecuários feitos em Minas Gerais, como a energia trifásica que, nos próximos anos, poderá ser acessada por todas as propriedades rurais do estado, além das recuperações nas estradas para melhorar o trânsito dos produtores e dar mais segurança para aos agricultores.

 “O agronegócio em Minas está encontrando o seu caminho. Temos conseguido todas essas melhorias graças aos pequenos produtores, que contam com a parceria do Sistema da Agricultura – Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e suas instituições vinculadas Emater-MGIMA e Epamig. Estamos no caminho certo, mas ainda temos muito o que fazer”, disse.

O secretário de Estado de Agricultura Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes, enfatizou os recordes agropecuários nas exportações, no PIB do agronegócio e a retirada da vacina contra a febre aftosa. Além disso, Thales ressaltou a importância da inauguração da nova sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus do Amparo para o desenvolvimento local.

“É uma conquista muito importante para o setor agropecuário da região. A Seapa, em parceria com a Faemg, trabalha visando sempre facilitar a vida do agricultor. Estamos sempre buscando gerar emprego, renda e dignidade para os produtores rurais mineiros”, disse.

Parceria
Na nova sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus do Amparo serão realizados cursos promovidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional Minas Gerais (Senar Minas), reuniões entre os membros sindicalizados e, ainda, toda a prestação de serviços aos agricultores do município.

“O Sistema Faemg vai estar presente, junto com o nosso Senar, ensinando e ajudando o homem do campo para que ele possa continuar evoluindo e melhorando suas produções”, afirmou o presidente da Faemg, Antônio de Salvo.

Na sequência, o presidente do sindicato, Wanderlei dos Santos Ribeiro, destacou que, após a inauguração, a associação entrará em novo momento, de completa renovação. “Essa união é muito importante para nosso setor. Todas essas parcerias são essenciais para o nosso crescimento”, completou, referindo-se à importância da união dos produtores rurais com o Sistema da Agricultura de Minas Gerais.

Salão do Agro
A quinta-feira também foi marcada pelo lançamento da pedra fundamental do Salão do Agro: Espaço de Convivência e Comércio do Produtor Rural. Antiga demanda dos agricultores locais, o local irá operar como uma loja, onde os visitantes vão encontrar ‘produtos da roça’, incluindo doces e queijos.

O Salão será construído no mesmo terreno da sede do novo sindicato. Com o início das obras dado pelo governador Romeu Zema, o espaço representa importante conquista para facilitar o escoamento da produção regional para as cidades próximas.

Ainda com relação às melhorias para a logística de distribuição dos produtos locais, o governador reforçou, na oportunidade, o recente anúncio feito pelo Ministério dos Transportes de prioridade para o projeto de concessão para duplicação da BR-381.
“Estamos trabalhando com o Governo Federal para melhorar cada vez mais nosso estado. Essa é uma obra fundamental para Minas e também para o Espírito Santo”, disse.

As intervenções em 304 quilômetros de extensão terão aporte financeiro dos Governos de MG e do ES, por meio do acordo referente à tragédia de Mariana (2015), e vão refletir direta e positivamente na vida das pessoas que vivem na região. O trecho também é considerado estratégico para o sistema rodoviário de interligação entre os polos de consumo de Belo Horizonte e Governador Valadares, no Leste do estado.

Perfil agropecuário
Segundo o último levantamento do IBGE, de 2017, Bom Jesus do Amparo possui 287 estabelecimentos agropecuários, enquanto a microrregião conta com 4,8 mil. Na produção do município, ressalta-se a pecuária, especialmente a leiteira, que atingiu um volume de 2,4 milhões de litros em 2021.

Quanto aos principais produtos agrícolas locais, o Sindicato dos Produtores Rurais aponta as culturas de eucalipto, milho para silagem e banana nanica como as mais relevantes.

Café com o prefeito
Ainda em Bom Jesus do Amparo, o governador Romeu Zema tomou um café em uma padaria com o prefeito da cidade, Pedro dos Santos Moreira, entre outras autoridades.
Pedro ressaltou que esta foi a primeira vez, em 40 anos, que um governador de Minas Gerais visitou o município. “Estou há três mandatos na prefeitura e nunca vi um governador tão presente”, destacou.

Fotos: Marco Evangelista / Imprensa MG